Instituto de Educação Beatíssima Virgem Maria realiza evento para a valorização da cultura africana

18 October 2017

 

Alunos da escola fizeram apresentação musical e exposição de trabalhos artísticos
 

Com o intuito de promover entre seus estudantes a valorização e o respeito pela cultura africana, o Instituto de Educação Beatíssima Virgem Maria, o Beá, foi palco de uma apresentação musical e de uma exposição de trabalhos de arte inspirados nessa cultura. Organizado pela professora de música Malu Gatti e pela professora de artes Alexandra Almeida, o evento aconteceu hoje, 18 de outubro de 2017, no pátio da instituição, e envolveu alunos das turmas do 7º ano. Ao final da apresentação, as docentes distribuíram doces de origem africana para todos os presentes.

Segundo as professoras, foi um “um encontro precioso entre os alunos das turmas do sétimo ano para compartilhar saberes da cultura africana na arte e na música. ‘Funga Alafia’ para todos”. Traduzindo para o português, “Funga Alafia” significa “paz na Terra”.

De acordo com Gatti, “a música para os africanos é parte integrante da vida social e religiosa, tendo o sentido básico da comunicação, seja ela espiritual, mística ou cotidiana. A África é um mosaico de grupos étnicos, cada um com seu patrimônio histórico e cultural próprio. Na dança africana, cada parte do corpo movimenta-se com um ritmo diferente. A repetição do padrão musical manifesta a energia”.

Além da dança, durante o evento os alunos também tiveram a oportunidade de conhecer algumas saudações, como aquela citada pelas organizadoras. Também desenvolveram carimbos e gravuras baseados nessa cultura.

Nos trabalhos em tela, os estudantes criaram cenários para a boneca Abayomi, típica da região. A Abayomi geralmente é uma boneca negra, e seu nome tem origem iorubá e quer dizer “encontro precioso”, significando algo que traz felicidade ou alegria. De acordo com os registros históricos, as mães africanas que vieram para o Brasil nos navios tumbeiros rasgavam suas saias em tiras para criar as bonecas para consolar seus filhos. De fato, um “encontro precioso”, segundo as professoras.

Destaca-se que o evento faz parte de uma programação da escola para celebrar o Dia da Consciência Negra, em 20 de novembro.

O Instituto de Educação Beatíssima Virgem Maria está localizado na Av. Morumbi, 8.652/8.548, no bairro do Brooklin, a seis minutos da Ponte Nova Morumbi. Para mais informações sobre a escola, acesse www.beatissima.com.br. Se preferir, entre em contato pelo telefone (11) 5542-8700.

 

Lido 136 vezes Última modificação em Thursday, 19 October 2017 09:49
Entre para postar comentários