1950

Diretora - Irmã Edelburga Streun.

O interesse pelo conhecimento do plano de Deus a respeito deste trabalho apostólico, através da educação da juventude, fazia parte do programa de oração diária e do discernimento nos momentos fortes de reflexão.

Com a fundação da Cidade Monções, Brooklin Novo, o número de alunos foi crescendo, havendo a necessidade de ônibus escolar para seu transporte.

1951

 

Diretora - Irmã Cornélia Scheller.

 

Irmã Edelburga, sempre disponível para atender outras necessidades urgentes da congregação deixa a direção da escola, assumida pela Irmã Cornélia que, sem dúvida, com igual competência passa a trabalhar com amor e dedicação, colocando a juventude como ponto de referência em seu plano de vida. Construção de um galpão para a diversificação de atividades da Pré-Escola.

1952

Diretora - Irmã Cornélia Scheller.

A escola passou a funcionar em três períodos diurnos, pois a área construída não suportava mais o grande números de alunos matriculados.

1953

 

Diretora - Irmã Cornélia Scheller.

 

Criação do Curso de Admissão ao Ginásio.

 

Em agosto de 1953, os meninos, que até então estudavam no Beatíssima, passaram para a nova escola masculina, dando origem ao Colégio Meninópolis, dirigido pelos padres missionários do PIME, motivo pelo qual o 1º grau do nosso colégio passou a ser feminino. Em junho, foi entregue a documentação necessária, solicitando a autorização de fucionamento do então curso ginasial tão almejado pela clientela escolar.

 

Foi demolido o corredor de arcos para dar continuidade à construção do prédio escolar (da atual diretoria à cantina) necessário para o funcionamento do curso ginasial.

 

Em 10/11/1953 foi publicada a Portaria N.º do MEC que concede a autorização para o funcionamento do curso Ginasial.

1954

 

Diretora - Irmã Cornélia Scheller.

 

A cuidadosa jornada percorrida, o equilíbrio mantido por seus administradores e professores, a firmeza e coerência nos princípios filosóficos e educacionais estabelecidos no Carisma da Instituição e os fundamentos baseados nos valores cristãos e evangélicos fizeram com que mais um passo fosse possível nesta trajetória de esperanças sempre renovadas. O então curso ginasial, tão solicitado pela clientela escolar, passou a funcionar com duas classes perfazendo um total de 78 alunas.

1955

 

Diretora - Irmã Cornélia Scheller.

 

Com especial carinho da direção pelo curso Ginasial, no seu segundo ano de funcionamento, houve a preocupação de ampliar o espaço físico necessário para a continuidade e aperfeiçoamento do trabalho. Com isso, foi ampliada a construção e mais 7 sala de aula foram acrescentadas ao prédio do citado curso.

1956

 

Diretora - Irmã Cornélia Scheller.

 

Construiu-se a quadra descoberta para a educação física e práticas esportivas.

 

Fechou-se o Curso de Corte e Costura que fazia parte das atividades desenvolvidas no colégio.

 

Houve a compra de um terreno de 1000m² utilizados primeiramente como horta e mais tarde como área reservada à Pré-Escola.
Levantou-se uma estátua de São José no jardim em frente à escola, implorando a proteção das crianças e famílias que faziam parte desta comunidade escolar.

 

No pátio interno construiu-se a gruta de Nossa Senhora, padroeira e Mãe do Instituto, fazendo parte da obra e missão que aqui se realiza. Construiu-se um parquinho para o Jardim da Infância, mais ou menos no centro do atual pátio.

1957

 

Diretora - Irmã Cornélia Scheller.

 

Comprou-se um terreno na Rua das Acácias, num total de 318m² onde atualmente funciona a sala de Educação Artística e a Garagem.

1958

 

Diretora - Irmã Cornélia Scheller.

 

Com o crescente número de alunos foi necessário ampliar e construir mais ambientes, perfazendo um total de 20 salas de aula para abrigar adequadamente os 926 alunos matriculados na ocasião.

1959

 

Diretora - Irmã Cornélia Scheller.

 

Com a finalidade de ampliar o campo de trabalho no setor apostólico, a escola comprou um terreno em Itapecerica da Serra para atividades de promoção social junto à população carente da região, que serviria também como local de encontros de lazer e formação para os nossos alunos.